Reitoria entra em acordo com invasores

Desocupação ocorrerá na quinta-feira, dia 08/12

Ao que tudo indica, as invasões na UnB chegarão ao fim. A PEC passou, não conseguiram “mobilizar as massas” e Temer continua presidente.

Leia a matéria feita pelo portal de notícias da UnB:

A Reitoria da Universidade de Brasília informa à comunidade acadêmica que os prédios da instituição devem ser liberados nesta quinta-feira (8).

Após processo de negociação junto aos estudantes, que incluiu uma série de reuniões entre a comissão composta por membros da Reitoria e o movimento estudantil e dois encontros de mediação com o Ministério Público Federal (MPF), os representantes do movimento Ocupa UnB se comprometeram a liberar completamente os prédios da Universidade, mediante assinatura de termo de compromisso com a Administração Superior.

O documento será assinado em audiência pública nesta quinta-feira, às 9h, no anfiteatro 9, com a presença da reitora Márcia Abrahão e de representantes do MPF e da Defensoria Pública.

Entre os termos do acordo estão:

• os estudantes devem desocupar todos os espaços administrativos e acadêmicos que se encontram impedidos de acesso pelo movimento Ocupa UnB, liberando completamente o prédio da Reitoria até as 9h, do dia 8 de dezembro de 2016;

• a Administração se compromete a:

– constituir comissão com o objetivo de analisar a possibilidade de ampliar os benefícios da assistência estudantil;

– constituir comissão permanente de discussão sobre assuntos que envolvam a Educação, tais como: projeto Escola sem Partido, PEC n. 55/2016, entre outros temas que abordem a área;

– estabelecer canal permanente de diálogo com a comunidade para encaminhamento – junto às instâncias competentes da Universidade – das demandas específicas das unidades acadêmicas, entregues pelo movimento Ocupa UnB à Administração;

– manter a destinação, em caráter provisório, da sala BT 620 do ICC ao Grupo Quilombo, até que seja encontrado local definitivo em comum acordo.

Em reunião com diretores das unidades ocupadas, na tarde de terça-feira (7), a Reitoria se comprometeu a tratar das demandas específicas levantadas pelos estudantes, relacionadas a essas unidades, por meio de canal permanente de diálogo liderado pela Administração Superior, conforme previsto no acordo.

A partir da assinatura do termo de compromisso, as instalações da UnB serão gradualmente liberadas. Haverá vistoria e limpeza dos locais. A expectativa é de que as unidades retomem o funcionamento normal até a segunda-feira (12).

Leia a íntegra da recomendação do MP

Mantenha-se informado

Receba resumos semanais do que aconteceu no Reação Universitária diretamente no seu email

Ou nos acompanhe nas redes sociais