Por que entrar no MRU?

Para fazer parte da Reação, não precisa ser militante ou muito politizado. A capacitação é trabalhada internamente, na teoria e na prática. Basta já concordar com os nossos ideais de Universidade e de liberdade e ter força de vontade de se mobilizar por eles.

É difícil imaginar algo parecido, mas não temos as nossas necessidades enquanto cidadãos de lutar pelo que é justo e certo, e não se calar quando os autoritários procuram censurar a todos? Por isso mesmo que, independentemente de seu interesse profissional por política, é interessante que você, mesmo que seja um estudante médio, preocupado com a realidade micro da Universidade, lute em defesa de melhorias e reformas. Afinal, se não vocês, então se importará com a UnB?

Diante de greves, piquetes, invasões, corrupção, falta de diálogo e transparência, precisamos reagir e nos mobilizar, pautando sempre a renovação das estruturas da Universidade para qualificá-la em termos de inovação tecnológica, produção científica, cidadania plural e diversa e capacitação profissional e combater todas as formas de coerção ideológica que ataca estudantes e professores.

Para isso, o Grupo Reação estará de portas abertas para estudantes comuns que são liberais ou conservadores, em prol de uma luta por uma UnB livre, moderna e plural e um movimento estudantil racional, democrático e modernizador!

Para se filiar, inscreva-se no “Faça Parte” (https://reacaouniv.org/faca-parte/).

Entraremos em contato com os mesmos de forma a garantir uma entrada efetiva daqueles que estão de fato alinhados conosco e dispostos a fazer parte da Alcateia.

Estabelecemos também um questionário que o Diretor de Gestão de Pessoas (ou seu substituto) deve entregar aos novos membros de forma a garantir um certo filtro institucional para alocá-lo devidamente em alguma estrutura do movimento.

Mantenha-se informado

Receba resumos semanais do que aconteceu no Reação Universitária diretamente no seu email

Ou nos acompanhe nas redes sociais